Boletim - Trabalhadores unidos, com força e resistência, conquistam avanços na maior greve da história recente da Comcap!

Confira o boletim sobre a luta dos trabalhadores da Comcap e a força que tiveram numa grande greve, resitindo aos ataques e conquistando avanços!

Trabalhadores feridos pela repressão à greve da Comcap devem entrar em contato com o Sindicato em busca dos direitos

Os trabalhadores da Comcap que estavam em greve e na luta por seus direitos e foram feridos pela brutal repressão da Guarda Municipal e da Polícia Militar devem entrar em contato com o Sintrasem para tomada das providências cabíveis. Além das licenças de trabalho para quem foi ferido, conquista da categoria em greve, o sindicato vai acionar juridicamente os responsáveis pelas cenas de violência dos poderes executivo e legislativo. Tanto para as licenças quanto para processo judicial é necessário registro formal - atestados médicos e boletins de ocorrência, com a direção do Sintrasem à disposição para auxiliar nos procedimentos. Os documentos devem ser reunidos até esta quarta-feira (19/7). Contatos e esclarecimentos podem ser feitos através do telefone (48) 3223-4149 e 99934-8111 (Fabiana).

Confira o ponto completo do Termo de Audiência firmado na Justiça do Trabalho: “A Comcap aceitará os atestados médicos e os pedidos de licença por incapacidade dos trabalhadores que sofreram eventuais ferimentos durante a greve, fazendo exclusivamente uma análise médica da necessidade e da extensão do benefício, a cargo do SESMT” (Divisão de Segurança e Medicina do Trabalho).

Termo de audiência no Tribunal Regional do Trabalho

Confira o termo (clique neste link para ver em tamanho maior) de audiência no Tribunal Regional do Trabalho para conhecimento de todos os trabalhadores. Vamos discutir e deliber a partir dele sobre a continuidade ou fim da greve na assembleia de amanhã (15/07). A presença de todos é fundamental para decidirmos sobre os rumos do movimento.

Trabalhadores da Comcap estão na luta por direitos e pela cidade!

Quebrando promessas feitas, com muita truculência, repressão e nenhum diálogo, o prefeito Gean Loureiro (PMDB) segue com seu projeto de privatizar, acabar com o serviço público e prejudicar a população em nome do lucro dos empresários. O alvo da vez é a Comcap, que há anos resiste aos ataques que sofre, prestando um serviço de excelência apesar das precarizações, cortes e dívidas feitas por sucessivas gestões irresponsáveis da Prefeitura. O trabalho prestado pelos funcionários da Comcap é reconhecido pela população, incansavelmente cuidando de todos os cantos da cidade - seja com coleta, limpeza, manutenção, capina nas ruas, praias, morros, praças - preocupados com o serviço para a comunidade e não o lucro dos patrões.

Segue a luta e segue a greve!

Resistindo bravamente à todos os ataques, trabalhadores da Comcap votaram pela continuidade da greve nesta sexta (14/7), lutando pela revogação da lei que transforma a empresa em autarquia e por condições de trabalho e atendimento. Agora, vamos até o gabinete do prefeito mostrar que não será repressão, bala de borracha e spray de pimenta que nos vão fazer parar de lutar pelos direitos! 

Às 14h haverá audiência de conciliação na Justiça do Trabalho e estaremos presentes, em defesa dos trabalhadores! Amanhã pela manhã, às 7h, nova assembleia no pátio do Limpú debate e delibera sobre os rumos do movimento.

A luta segue! Estamos firmes na defesa dos empregos, das condições de trabalho e atendimento, dos direitos, buscando a revogação de uma lei retrógrada aprovada de modo irregular e golpista, debaixo de balas de borrachas, bombas e cacetadas! Trabalhador unido jamais será vencido!

Trabalhadores da Comcap resistem e seguem firmes na luta!

Trabalhadores mostram sua força e resistência! Mesmo depois de 25 horas de ocupação, spray de pimenta, bala de borracha, repressão e proibição de entrada para acompanhar a votação sobre seu próprio futuro, funcionários da Comcap em greve mostram toda sua garra e disposição, na luta contra todas as adversidades, em defesa dos direitos, dos empregos, do atendimento de qualidade, da Comcap forte e 100% pública! Amanhã, às 7h, há assembleia para seguir debatendo os rumos do movimento. Todos presentes, firmes na luta! Trabalhador unido jamais será vencido!

Vídeo - Comcap: Trabalhador unido jamais será vencido!

Trabalhadores mostram sua força e resistência! Mesmo depois de 25 horas de ocupação, spray de pimenta, bala de borracha, repressão e proibição de entrada para acompanhar a votação sobre seu próprio futuro, funcionários da Comcap em greve mostram toda sua garra e disposição, na luta contra todas as adversidades, em defesa dos direitos, dos empregos, do atendimento de qualidade, da Comcap forte e 100% pública! Trabalhador unido jamais será vencido!

Negociações com o executivo tem avanço, porém vereadores aprovam regime de urgência urgentíssima para projeto que transforma Comcap em autarquia

No segundo dia de greve da Comcap mobilizações intensas tomam conta da cidade. Trabalhadores passaram a tarde toda na frente da Câmara de Vereadores se manifestando contra o Projeto de Lei que transforma a companhia em autarquia e pela compra de nova frota de caminhões porque muitos dos atuais estão caindo aos pedaços, sem condições de saírem das garagens.

Os trabalhadores ficaram do lado de fora pois o prédio da câmara permaneceu com as portas fechadas, guardas municipais barrando a entrada e caminhão do Choque na esquina da rua. Nem assessores dos parlamentares foram autorizados a entrar nas galerias para acompanhar a sessão.

 

Comcap sob ataque: LIXO NA RUA, PREFEITO A CULPA É SUA

Confira a versão para impressão desta carta-aberta neste link.

O sucateamento da Companhia de Melhoramentos da Capital (Comcap) vem sendo constantemente denunciado pelo sindicato e trabalhadores, que reivindicam condições dignas para a prestação de serviços às comunidades de Florianópolis.
Falta de caminhões e peças para a manutenção dos veículos dificultam a coleta de resíduos, exigindo esforços redobrados dos servidores.

O prefeito Gean Loureiro (PMDB) não paga as dívidas acumuladas nem dialoga com a categoria! No lugar disso, impõe novo regime jurídico para a empresa: a autarquia. O projeto para a Comcap se transformar em autarquia foi encaminhado para Câmara de Vereadores sem nenhum debate com trabalhadores e população sobre os impactos do modelo de gestão ao trabalho de limpeza pública da capital. A transformação vai gerar inseguranças trabalhistas para os servidores e criar mecanismos para acelerar o processo de privatização. Em vários municípios em que este modelo foi empregado, não foi feito novo concurso para contratar trabalhadores, esvaziando as empresas até que se tornassem apenas gestoras dos serviços, com empregados terceirizados. O endividamento da companhia é de responsabilidade do Executivo. Os trabalhadores e a população não podem ser prejudicados por gestões que privilegiam apenas quem tem dinheiro.

Primeiro dia de greve da Comcap tem mobilização intensa na Câmara de Vereadores

Primeiro dia de greve dos trabalhadores da Comcap com mobilizações intensas na Câmara de Vereadores para barrar o Projeto de Lei que transforma a Comcap, hoje sociedade de economia mista, em uma autarquia. O PLC de autoria do Gean Loureiro (PMDB) tramita em caráter de urgência na câmara.

O sindicato e os trabalhadores, a partir de pareceres jurídicos solicitados pelo Sintrasem, contestam a segurança jurídica do novo modelo para os direitos trabalhistas em vigor atualmente. Os trabalhadores contratados por regime celetista tem garantia de manutenção de seus empregos até novembro deste ano, segundo acordo firmado na data-base de 2015. Caso a Comcap se transforme em uma autarquia não há garantias de que os trabalhadores sejam recontratados nem se sabe como isso será feito.

AGENDA

sábado, Julho 15, 2017 - 07:00
Local: Pátio do Limpú (com ônibus do centro e descentralizadas)
Em pauta: Informes, avaliação do movimento de greve, encaminhamentos. Seguimos firmes na luta! Em defesa da Comcap e dos direitos!

sexta-feira, Julho 14, 2017 - 07:00
Local: Pátio do Limpú (com ônibus do centro e descentralizadas)
Em pauta: Informes, avaliação do movimento de greve, encaminhamentos. Seguimos firmes na luta! Em defesa da Comcap e dos direitos!

quinta-feira, Julho 13, 2017 - 07:00
Local: Câmara de Vereadores ocupada pelos trabalhadores em greve
EM PAUTA: Condições de trabalho; retirada do Projeto de Lei que transforma a Comcap em autarquia. Convocamos todos os trabalhadores da Comcap, PMF e de todas as categorias da cidade a se somarem na mobilização! Em defesa dos direitos!

Eleição Diretoria 2017

Pauta Data-Base PMF 2017

Acordo Coletivo PMF 2017

SINDICALIZE-SE!

Acordos coletivos de trabalho

PMF
COMCAP

Boletins Eletrônicos

Selecionar o(s) boletim(s) que você deseja assinar ou cancelar a assinatura.

                 

CUT