Você está aqui

Início

Direção da COMCAP sugere desvio de função e quebra do acordo coletivo

Sintrasem
quinta-feira, Setembro 14, 2017 - 16:00

Na terça-feira, dia 12 de setembro, a direção do Sintrasem foi intimada para uma Audiência de Mediação a tratar sobre a Operação Verão na COMCAP. A pedido da direção da empresa/autarquia e intermediado pelo Ministério Público do Trabalho, a solicitação é que o sindicato compareça nessa audiência para avaliar a proposta de desvio de função com objetivo de cobrir a demanda da temporada na cidade, entre os dia 15 de dezembro a 15 de março.

Tão logo os diretores do Sintrasem foram informados dessa tentativa da direção da COMCAP e de Gean Loureiro de atacar o acordo coletivo e provocar um desvio de função aos trabalhadores, a diretoria já encaminhou reunião do conselho deliberativo e agendou assembleia com toda a categoria para a próxima quinta-feira, dia 21 de setembro, no mesmo dia em que está previsto a audiência de conciliação.

A direção do sindicato percorre agora os locais de trabalho e conversa com os trabalhadores sobre a proposta da empresa/autarquia. "Entedemos que o desvio de função, vai fragilizar todos os outros pontos do nosso acordo coletivo. Não se pega um trabalhador de um local, coloca noutra função e deixa descoberto o seu trabalho. Além de acarretar prejuízos à população, vai sobrecarregar os trabalhadores que terão a equipe desfalcada, numa época de grande fluxo de turistas, praticamente dobrando a população da cidade", explica Willian dos Passos, Secretário Geral do Sintrasem.

Para Renê Munaro, presidente do sindicato, os argumentos do prefeito Gean Loureiro e da direção da autarquia não se sustentam.  "A direção da COMCAP sempre alega falta de recursos para justificar suas penalidades aos trabalhadores. Porém, em nota da Prefeitura, amplamente divulgada pela imprensa, a direção alega que a Comcap vive o seu melhor momento, com as dívidas sob controle e com processo de modernização em andamento".

Confira a divulgação da nota da Prefeitura sobre a COMCAP.

De acordo com Renê, essa postura da direção já demonstra os prejuízos e fragilidades de mudar o regime da empresa para autarquia. "Nosso compromisso é a defesa da COMCAP, a revogação da lei da autarquia e a defesa dos direitos dos trabalhadores. Mesmo que a proposta seja por tempo determinado, ela abre precedentes que colocam a perder todas as conquistas históricas da categoria".

A reunião do conselho acontece na sexta, dia 15 de setembro das 8 às 12 horas na sede do Sindicato. A Assembleia Geral extraordinária está agendada para quinta, dia 21 de setembro às 7 horas no pátio do Limpú e às 14 horas acontece a Audiência no Ministério Público do Trabalho. "Caso a direção da COMCAP insista na proposta de desvio de função e não apresente proposta para realização da Operação Verão como foi feita em anos anteriores, um dos pontos de encaminhamentos da Assembleia que vamos levar para a categoria é o indicativo de greve", destaca Willian.

AGENDA

terça-feira, Outubro 24, 2017 - 18:30
Local: Auditório Rosa Luxemburgo - Sede do Sintrasem
quinta-feira, Outubro 19, 2017 - 13:00
Local: Praça Tancredo Neves
Pautas: Informes; Avaliação de conjuntura: código 04, sucateamento dos erviço público, previdência; Encaminhamentos: indicativo de greve.

quinta-feira, Outubro 19, 2017 - 07:00
Local: Auditório Rosa Luxemburgo - Sede do Sintrasem
Pauta: Informes; aprovação da pauta data-base; encaminhamento.

Acordo Coletivo PMF 2017

SINDICALIZE-SE!

Acordos coletivos de trabalho

PMF
COMCAP

Boletins Eletrônicos

Selecionar o(s) boletim(s) que você deseja assinar ou cancelar a assinatura.